Um computador em cada mesa de trabalho e em cada casa

Já faz trinta anos que Bill Gates ainda no início da Microsoft em meados de 1972 iniciou sua projeção no mercado já com a tradicional frase “Um computador em cada mesa de trabalho e em cada casa”.  Bill teve um papel fundamental na revolução que aconteceu ao longo dos anos com a computação pessoal realizando o seu grande sonho.

Cartão de visita - Microsoft Bill Gates 1972

A tecnologia evoluiu muito nos últimos anos tornando hoje um poderoso computador como mais um eletrodoméstico presente acessível às famílias permitindo o acesso rápido as informações tornando o conhecimento público em questão de segundos.

Recentemente assistindo uma palestra do Luli Radfahrer com o tema “Para que serve uma monocotiledônea? (nerds, mídias sociais e a escola do século 21)” me veio em mente um assunto muito importante referente a como anda a nossa inclusão digital, escolas, redes sociais.

O ponto mais importante que acompanhei nessa palestra foi como as pessoas estão usando seus computadores. Grande parte delas utiliza apenas para Orkut e MSN transformando o nosso querido computador em um mero telefone moderno.

Recentemente a Rede Globo fez um levantamento muito interessante apontando cerca de 90 mil Lan Houses no Brasil e uma série especial no quadro Central da Periferia. Em uma matéria apresentada por Regina Case pudemos acompanhar em diversas áreas do Brasil o acesso a tecnologia e a transformação social envolvida.

Mesmo com toda a crise mundial o nosso mercado de tecnologia é o mercado que mais cresce superando todas as barreiras e horizontes abrindo grandes oportunidades de trabalho em todos os níveis.

De um lado temos um grande número de jovens buscando emprego sem qualificação e do outro temos um grande número de empresas buscando profissionais qualificados em todo o Brasil. Por que os governos não se preoculpam em fazer esse link usando toda a estrutura privada de Lan Houses já disponível.

Já faz mais de 06 anos que tomei frente de uma iniciativa muito importante que é uma comunidade ou grupo de usuários voltada para o uso profissional da tecnologia e engajamento no mercado. Com o compartilhamento de informações conseguimos multiplicar a paixão pelo conhecimento possibilitando a formação de um grande número de agentes transformadores ao longo dos anos e que hoje são replicadores  no mercado e em universidades.

Durante as palestras que realizo em todo o Brasil eu sempre procuro levar para o meu público um pouco mais indo além da tecnologia. Eu compartilho a paixão pela inovação e pelo trabalho orientando  para que todos possam crescer juntos.

Ainda refente ao tema principal desse post que é o uso do computador nas residências ou para o grande público de uma maneira geral eu observei de perto dois fatos importantes.

Minha mãe no auge dos seus 65 anos comprou o seu primeiro computador pessoal. Um notebook e utiliza apenas para enviar e receber emails. Em outra situação eu fiz uma doação de um notebook para minha família e passei a observar o destino que eles dariam ao computador. Aprenderam rápidamente o Orkut e MSN como num passo de mágica.

Por estarem mais próximos estou fazendo algumas interferências com eles para melhor usarem de acordo com suas áreas de conhecimento.

A grande questão que quero deixar para você refletirem é como podemos melhor orientar os nossos jovens para que usem toda essa infra estrutura de tecnologia a seu favor em busca do conhecimento e não somente como um mecanismo de comunicação.

O que você acha desse tema? Comente no post!

OBS: Eu adoro o MSN e uso bastante para atender os clientes.

Para saber mais:
Maioria usa internet para MSN e Orkut
Orkut e MSN viram febre em Paraisópolis
Gates deixa a Microsoft e se concentra em filantropia
Gates without Microsoft
Videos relacionados a Lan House
The History of Microsoft – 1975

[],
Ramon Durães
MVP, Especialista em Visual Studio Team System
Estuda redes sociais e adora tecnologia