Mais força no frontend com Microsoft TypeScript

image
O crescimento do HTML5 e a necessidade cada vez mais crescente de aplicações web rodando diretamente do lado cliente (FrontEnd) vêm ampliando cada vez mais o uso do JavaScript para suportar a implementação de rotinas diretamente no navegador web. Desde que me entendo de internet a mais de 15 anos o JavaScript sempre esteve presente. Inicialmente de forma bem tímida apenas visto como um suporte adicional para pequenas validações depois uma febre na era   (Asynchronous Javascript And XML) e agora maduro, reconhecido e amplamente difundido com todas as facilidades do Jquery e seus plug-ins maravilhosos tornou-se muito forte e presente.

Ao longo dos anos o JavaScript ganhou diversos frameworks adicionais para facilitar o seu uso incluindo inclusive implementações do lado do servidor expandindo inclusive seu uso além da “web” como já acontece no desenvolvimento de aplicativos nativos para o Windows 8.

Com todo esse crescimento provocado pela adoção do JavaScript vem surgindo a preocupação em como gerenciar todo o código fonte produzido permitindo escalar da mesma forma que já acontece em outras linguagens de programação. Pensando nisso que a Microsoft está lançando o TypeScript permitindo ampliar o poder na construção dos aplicativos verificando tipos, implementando interfaces, introduzindo as melhores práticas e um compilador.

O TypeScript é um projeto OpenSource totalmente compatível com todos os navegadores e sistemas operacionais que já suportam o JavaScript. Na prática qualquer código JavaScript pode ser utilizando dentro do TypeScript sendo que o resultado final será o JavaScript porém conseguiremos potencializar a construção do código escalando em grandes times de desenvolvimento.

O IntelliSense será um grande aliado seu na produção de código usando o TypeScript da mesma forma que já faz usando outras linguagens dentro do Visual Studio com facilidade do uso de orientação a objetos implementando classes, interface, herança. O grande ponto é que agora com uso do compilador poderemos antecipar diversos erros que só pegaríamos testando a aplicação.

Para saber mais:
TypeScript
Compilador TypeScript
TypeScript: JavaScript Development at Application Scale

 

[],
Ramon Durães
MVP, Visual Studio ALM
PSM, PSD, CSM