Aposentadoria do ASP.NET WebForms

ASP.NET WebForms

Há alguns anos atrás caminhando pela rua eu encontrei um jornal onde no caderno de informática citava a internet e falava  sobre o Netscape e alguns comandos de html suficientes apenas para escrever um “Olá Mundo”. Nessa época, em meados de 1996 eu passei a olhar a internet com outros olhos e no notepad  fiz a minha primeira página html.

Nesse período era uma novidade programar em Visual Basic 3, imagina então  fazer algo para a internet. A partir desse momento eu passei a me questionar sobre a possibilidade de construir aplicações para internet e foi quando eu encontrei o ASP Clássico, mas com o passar dos anos, o crescimento da internet provocou uma grande demanda por aplicações web,  ficou perceptível que ASP não dava conta.

Em meados de 2000 a Microsoft anunciou o .NET, e foi aí então que surgiu o ASP.NET WebForms, que teve um crescimento astronômico, abrindo um novo caminho para o desenvolvimento de aplicações web de forma rápida, produtiva e permitindo trazer desenvolvedores que nunca tiveram acesso à web para um novo conceito de desenvolvimento.

Ainda nos primeiros anos programar em ASP.NET era quase igual a uma aplicação Windows, arrastando, clicando no botão e programando. Com essa pegada milhares de aplicações legadas foram promovidas para uma nova tecnologia, compilada, mais rápida e completa.

Nessa mesma velocidade a Web continuou crescendo, amadurecendo e se tornando a primeira opção no desenvolvimento de aplicações. Com isso os sistemas na internet passaram a demandar por grandes manutenções, mais qualidade,  produtividade e, principalmente, performance e experiência de usuário.

A padronização do conceito AJAX (Asynchronous Javascript and XML) foi outro grande marco, permitindo criar aplicações mais ricas, sem idas e vindas aos servidor, proporcionando ainda mais a migração de aplicações para a web.

Uma pessoa que entra no mercado de trabalho hoje, seja como usuário de uma aplicação web ou mesmo programador web sequer imagina desse grande movimento de transição que ocorreu e o ASP.NET WebForms esteve presente como grande elo dos programadores .NET

Como todo o ciclo de tecnologia, o ASP.NET WebForms chegou a sua aposentadoria deixando um legado incrível de aplicações jamais pensadas para web e que se tornaram possíveis graças a essa tecnologia. É muito importante você entender que a inovação obedece ciclos e você como profissional precisa se atualizar com frequência para oferecer sempre a melhor experiência em suas aplicações.

O ASP.NET continuará firme em suas aplicações, agora mais preparado que nunca seguindo o padrão MVC (Model-view-controller), mais leve, amplamente customizável que traz uma nova experiência para as suas aplicações focando em padronização, reuso e principalmente escalável.

O legado do ASP.NET Webforms continuará e você poderá ir migrando a medida que forem surgindo novas demandas no negócio. Um item importante que você precisa fazer é eliminar de vez o uso do AJAX Control Toolkit e focar 100% em HTML / JavaScript e, principalmente, Jquery . É possível nas ultimas versões do WebForms eliminar o ViewState e ter um maior controle das aplicações para dar uma maior vida ao legado enquanto não inicia um processo de migração.

É importante ressaltar que o MVC não é um padrão da Microsoft. O ASP.NET MVC traz a implementação desse padrão no ambiente Microsoft e é um grande estágio que você, programador, precisa atravessar. Toda mudança gera um desconforto natural, porém os benefícios para todos do projeto são incalculáveis.

Como parte do nosso trabalho na 2PC passamos a adotar o MVC faz alguns anos em aplicações de missão crítica, muito antes de chegarmos ao momento de reforçarmos como nesse artigo a importância de desapegar do WebForms.

O ASP.NET WebForms teve o seu papel importante na história e sempre será lembrado por isso. Porém, hoje, enfrentamos novos desafios onde não basta simplesmente ir para Web. A qualidade do software, padronização e escala da aplicação fazem a diferença, principalmente em um momento onde os negócios mudam muito e seu projeto não vai sobrevier se não for escalável.

Utilize esse momento para planejar um próximo passo em 2015 e participar ativamente desse novo ciclo, se atualizando profissionalmente, se alinhando sobre as melhores estratégias para tornar as suas aplicações preparadas para o momento “mobile first, cloud first”, conforme relata o Satya Nadella, atual CEO da Microsoft.

O Scott Guthrie foi a principal e mais importante referência em ASP.NET e hoje lidera iniciativas do Azure para que possamos juntos construir aplicações prontas para esse novo momento focado em Cloud.

[],
Ramon Durães
Chief Technology Officer (CTO) na 2PC
MVP, Visual Studio ALM
PSM, CSM, PSD, LKU

A 2PC IT Services desenvolve estratégias para a modernização de aplicações atuando com sustentação, arquitetura de software e Application Lifecycle Management (ALM) usando Visual Studio. Faça contato.